Estrutura

Centro de Memória e Estudos da Revolução Constitucionalista de 32

Inaugurado em 2006, o Centro de Memória e Estudos da Revolução Constitucionalista de 32 - Núcleo Lapa reúne um rico acervo sobre a Revolução Constitucionalista de 1932, com peças, fardas, documentos, bandeiras, entre muitos outros objetos curiosos.

Parte do material exposto pertence ao Monumento ao Soldado Constitucionalista, o famoso obelisco em homenagem aos veteranos de 1932, que fica na região do Ibirapuera, na Zona Sul, e está em reforma.

No Museu, é possível entender melhor o movimento armado ocorrido no Estado de São Paulo, entre julho e outubro de 1932, que tinha por objetivo a derrubada do Governo Provisório de Getúlio Vargas e a promulgação de uma constituição para o Brasil.

Por ser o principal acervo da Revolução, no local é possível encontrar raridades exclusivas, como uma carta escrita por Santos Dumont, fotografias do combate em diversos pontos de São Paulo, a hélice de um dos aviões de guerra e a réplica de uma matraca, aparelho que simula o som de tiros de metralhadoras, usado para criar a ilusão de que os paulistas possuíam maior número de armamentos.

O Centro de Memória e Estudos da Revolução Constitucionalista de 32 abre de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h, no período letivo.