História

Conheça a história do Colégio Santo Ivo

Fundado em dezembro de 1966 pelo Dr. José Carlos de Barros Lima, o Colégio Santo Ivo possui um histórico de dedicação às causas educacionais, alcançadas com o concurso de grandes colaboradores. Padroeiro dos advogados, Santo Ivo foi escolhido para dar nome à escola por conta de o seu fundador ser, além de pedagogo, também advogado. Inicialmente, o imóvel que hoje abriga a sede da instituição, na Rua Duarte da Costa, fora  residência da família Barros Lima e, por conta disso, sofreu uma extensa reforma para se adaptar a um prédio escolar. Em 27 de maio de 1967, o colégio teve sua inauguração oficial, realizada em sessão solene com a benção das instalações pelo Reverendo Monsenhor Marcelo Franco.

Em 1972, a instituição começou a implementar o Ensino Fundamental completo (antigos cursos primário e ginasial). Além disso, eventos como a tradicional Festa Junina e a formatura da pré-escola já faziam parte do cotidiano dos alunos.  Seis anos depois, o colégio adquiriu mais um imóvel próximo, onde começaram a funcionar quatro novas salas de aula. Ainda no mesmo período,  deu um grande passo para seu crescimento, instituindo o curso de ensino de 2º grau. Em 1982, em nova área contígua, inaugurou-se o novo prédio, fruto de primoroso projeto, que passou a abrigar laboratório de ciências, biblioteca, quadras poliesportivas, área de recreação, setor técnico-pedagógico e modernas salas de aulas com equipamentos de som e vídeo.

Na década de 90, com o avanço da tecnologia, a escola foi uma das pioneiras no uso da internet por meio de projetos interdisciplinares em parceria com a Escola do Futuro da USP e da implantação de novos laboratórios de informática e salas multimídia.

Em 1992, foi inaugurada a sede de campo do colégio, o acampamento Paiol Velho, em Botucatu, no interior de São Paulo, onde são realizados os estudos do meio e atividades de lazer.

Com a necessidade de ampliar os espaços esportivos e construir um auditório para celebrações e eventos, foram iniciadas obras para a segunda unidade do colégio, situada na Rua Passo da Pátria. Em 2001, o prédio foi inaugurado e, desde então, abriga as aulas de 9º ano, Ensino Médio, período integral e atividades extracurriculares. 

Em 2007, o Santo Ivo adicionou outro elemento importante para a sua história e para a história de São Paulo: o Centro de Memória do Colégio Santo Ivo  (que conta com objetos e documentos sobre a escola) e o Centro de Estudos e Memória do Movimento Constitucionalista de 1932 (que reúne um expressivo acervo sobre a Revolução Constitucionalista de 1932).