2º ao 5º ano

Estudo do Meio 2º ao 5º ano - 2018

Além de tornar a aprendizagem mais significativa, o estudo do meio solidifica os conhecimentos obtidos e abre a possibilidade para novas descobertas, uma vez que o aluno tem a possibilidade de observar e interagir com o meio ambiente.

Não só o trabalho com as habilidades cognitivas, colaborando na construção de conceitos, e os procedimentos de pesquisa, também são contempladas as habilidades relacionais, na medida em que a convivência em grupo exige cooperação, respeito, saber ouvir e saber colocar-se no lugar do outro.


2º ano:

Museu de Zoologia da USP 

Para complementar o trabalho desenvolvido com seres vivos, os alunos realizam uma visita ao Museu de Zoologia, onde estimulamos a observação, a análise e a elaboração de hipóteses sobre os besouros e outros animais.

Aproveitamos a saída para trabalhar curiosidades sobre as vivências, as técnicas e as ferramentas utilizadas pelos pesquisadores em seu cotidiano nos bastidores do museu, ressaltando a importância da pesquisa e da coleção científica de besouros.

3º ano: 

Bairro da Liberdade

A partir do estudo sobre a cultura japonesa, propomos uma saída pedagógica para o bairro da Liberdade, a fim de que os alunos compreendam a relação entre a cultura e a origem das pessoas que a produzem.

 Através das habilidades de observação e identificação de elementos da paisagem em seus diversos aspectos, objetivamos que os alunos compreendam a cidade como um espaço de pesquisa e produção de novos conhecimentos. 

4º ano:

Centro Histórico de São Paulo - visita pelos bairros de Pinheiros e Bixiga

A partir de uma caminhada pelo centro da cidade, os alunos visualizarão concretamente construções que resgatam a memória, entendendo-as como documentos históricos de diferentes épocas e aprofundarão seus conhecimentos históricos e geográficos que buscam compreender a origem e o desenvolvimentos da cidade de São Paulo.

Para complementar o estudo sobre os bairros que compõe uma cidade, na saída pedagógica por Pinheiros e Bixiga terão a possibilidade de perceberem a contribuição dos italianos na formação dos mesmos, comparando as diferenças e semelhanças entre eles.

5º ano:

Museu Afro Brasileiro e da Imigração

Para complementar o estudo desenvolvido em sala de aula, os alunos visitam os museus Afro Brasil e do Imigrante, com o propósito de refletir e compreender o processo imigratório em São Paulo e, consequentemente, a formação dos diferentes povos no Brasil.

Estes dois museus foram escolhidos pela razão de o primeiro destacar a perspectiva africana na formação do patrimônio, celebrando a Memória, História e a Arte Brasileira e a Afro Brasileira e, o segundo, por valorizar o encontro das múltiplas histórias e origens daquelas pessoas que vieram de terras distantes e sua contribuição para a formação cultural da identidade brasileira.