6º ao 8º ano

Projeto 6º ao 8º ano - 2018

#pauliceia

Em setembro de 2015, representantes dos mais de 150 países membros da Organização das Nações Unidas (ONU) reuniram-se em Nova York para adotar, formalmente, a nova agenda de desenvolvimento proposta pela entidade. Formada pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), essa ambiciosa agenda tem como metas a erradicação da fome e da pobreza, a promoção da segurança alimentar e da saúde, a garantia da educação de qualidade para meninos e meninas, a promoção global da igualdade de gênero e a garantia do acesso à água potável, entre outros.

Escola associada da Unesco, o Colégio Santo Ivo insere-se nesta busca por um mundo justo e igualitário adotando os ODS como fio condutor das Práticas de Projetos de Pesquisa realizadas com os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II. Considerando as etapas de desenvolvimento cognitivo e psicossocial de nossos alunos e alunas, #pauliceia toma a cidade de São Paulo como “síntese do mundo” e lança aos estudantes o desafio de alcançar os 17 ODS em escala local. Em outras palavras, acreditamos que ao trazer a reflexão sobre os grandes problemas mundiais para a realidade concreta dos alunos e alunas - materializada na cidade, no bairro e na comunidade em que vivem- contribuiremos para a formação de cidadãos comprometidos com o futuro da Humanidade e do planeta.

Deste modo, #pauliceia tem como ponto de partida a São Paulo de 2018, com seus imensos contrastes e contradições, e propõe a busca por uma São Paulo justa e igualitária. No percurso, os alunos e alunas são levados a estreitar seus laços afetivos locais,  conhecer a história da cidade, identificar os problemas, relacioná-los à agenda da Unesco e propor ações concretas para atingir, em escala local, os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

No 6º ano, o projeto #pauliceia: Rios se debruça sobre o  ODS 6 - Água Potável e Saneamento, e tem como objetivo incentivar o conhecimento da importância da água para a formação e a vida em sociedade, bem como despertar o interesse e a consciência dos alunos para o tema, incentivando-os a propor ações de recuperação para os rios de São Paulo.

Já os estudantes do 7º ano trabalham com o ODS 11 - Cidades e Comunidades Sustentáveis. O projeto #pauliceia: Caminhos e Correntezas visa identificar a formação do território paulista a partir da ocupação do espaço natural por grupos de imigrantes (voluntários e involuntários) oriundos de diferentes partes do globo em momentos históricos distintos, e, em consonância com a perspectiva humanista do Colégio e com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, propor ações que visem resolver os problemas relacionados à ocupação desordenada deste espaço.

Em #eunapauliceia, os alunos do 8º ano vivenciam uma experiência de autonomia e responsabilidade ao escolherem livremente o ODS que gostariam de explorar. O objetivo do trabalho é identificar um grande problema da cidade, relacionado a qualquer dos temas propostos pela Unesco, e, a partir da pesquisa aprofundada sobre todos os aspectos relacionados ao problema escolhido, propor uma ação original de intervenção na realidade observável.

A última etapa do trabalho acontece em #transformandoapauliceia, na qual os alunos do 9º ano são estimulados a encontrar formas harmônicas de trabalho coletivo. A partir dos problemas estudados na etapa anterior, todos os estudantes da turma se organizam para a construção de uma maquete em escala ampliada daquela que seria, segundo o seu ponto de vista, a “cidade ideal”. Nesta etapa, o trabalho inclui a realização de assembleias para a obtenção de consensos, a criação de projetos de lei, a gestão de orçamento para a finalização do trabalho, e o estudo aprofundado de todas as disciplinas escolares envolvidas na construção da maquete que deve, necessariamente, conter elementos com movimentos mecânicos.

Utilizando uma metodologia híbrida que combina atividades de ensino (aulas dialogadas, atividades direcionadas, convidados especialistas, inserção de múltiplas fontes e referências) com situações de aprendizagem ativa e colaborativa (desafios em rotação por estações, aulas invertidas e a pesquisa propriamente dita, que pressupõe colaboração entre os pares), #pauliceia pretende contribuir para engendrar nos alunos e alunas o compromisso legítimo como Seres Políticos, Responsáveis, Pesquisadores, Pró ativos, Colaborativos e capazes de aplicar seus conhecimentos em ações que façam sentido para si e para a comunidade global.