Trabalhar o nome próprio é fundamental no processo de alfabetização

Explorar o nome próprio é uma importante conquista para a criança que está em fase de alfabetização. Trabalhar com o seu próprio nome ajuda o aluno a pensar e aprender como a escrita é organizada.

No G4 do Santo Ivo, diariamente o trabalho com nomes é realizado e o crachá constitui um recurso essencial. No início das aulas, o crachá de prisma, com o nome dos alunos escrito dos dois lados, é muito utilizado nessa nova exploração.

Nesse sentido, a atividade com a cantiga de roda “A Canoa Virou” é sempre interessante. O objetivo é que as crianças dessa faixa etária reconheçam o próprio nome e o de alguns amigos, como também as letras do alfabeto.

Em seguida, é o momento de registro, quando é solicitado aos alunos que representem a brincadeira com o crachá do prisma.

Essas representações são importantes, porque valorizam e validam uma a uma, discutindo com eles os diferentes recursos que encontraram para escrever seu nome e dos amigos. A atividade ajuda a incentivar e socializar o uso dos crachás, garantindo, assim, a escrita modelo em todas as situações.

Confira fotos do G4 A.